terça-feira, 19 de abril de 2011

Inovação no setor varejista - RFID


O interesse pela tecnologia RFID – identificação por radiofrequência – vem se difundindo a cada dia. Soluções avançadas desenvolvidas com base nesse tipo de tecnologia conquistam cada vez mais escala e visibilidade no Brasil. Reflexo disso é que o País ganhou, em fevereiro de 2011, o primeiro laboratório preparado para realizar testes em grande volume nesse tipo de solução, em Campinas, no interior do estado de São Paulo.
Um recente relatório da Baird, empresa americana especializada em apresentar soluções para seus clientes, apontou um crescimento de 40% na utilização de RFID no setor de vestuários em 2010, nos Estados Unidos. Porém, com a implantação cada vez maior desse tipo de tecnologia, esse número pode até triplicar e ficar em torno de 125% e 150%. Esse cenário acontece graças aos investimentos no setor de itens individuais, em vez de apenas na cadeia de abastecimento.
Com o mercado aquecido, os varejistas estão esperando comprar cerca de 300 milhões de etiquetas RFID neste ano. Isso ajudaria a saber, por exemplo, no setor de vestuário o quanto tem no estoque, quais os tamanhos disponíveis e cores e o que precisa ser reabastecido. Tudo isso é possível com uma simples verificação de uma etiqueta RFID.
Outro ponto positivo no setor de varejo é a gestão de inventário permanente. Com o aumento da visibilidade é possível ter maior eficiência no processamento dos pedidos e saber o que está disponível no estoque. Outros benefícios da tecnologia RFID incluem economia de tempo e trabalho, precisão e redução da quantidade de itens a serem apurados.
A inclusão desse tipo de tecnologia ajuda ainda a melhorar o relacionamento entre cliente e comerciante. Ao reduzir a quantidade de tempo dos vendedores no controle de estoque ou localização de algum produto, eles podem dedicar seu tempo aos consumidores, atendendo-os com mais atenção e agilidade.
Porém, é importante que o varejista avalie se é necessário ou não fazer a transição da marcação de códigos de barra por tecnologia RFID em seu comércio. Para isso, ele deve responder às seguintes perguntas:
- Quais são os processos críticos de negócio que precisam de visibilidade e que códigos de barras não são capazes de resolver?
- Como a RFID pode complementar suas tecnologias?
- Os itens presentes no seu tag são facilmente falsificados ou comprados em outro lugar?
- É um bom investimento implementar soluções RFID em seu comércio?
É importante ressaltar que o sistema RFID não substitui os códigos de barra. Além disso, este tipo de tecnologia proporciona ao varejista economia de tempo e dinheiro, bem como maior visibilidade de seu inventário.
Diego Rojas, diretor de Vvendas da Zebra Technologies para América Latina
ESCRITO POR DIEGO ROJAS
http://www.revistanovarejo.com.br/inovacao/tecnologia/1419-inovacao-no-setor-varejista

0 comentários: